Nova atualização do software inclui o SPED Fiscal

Sua transportadora com controle fiscal integrado

Os termos e siglas dos departamentos contábeis podem parecer estranhos para quem não está acostumado.

Mas atualmente, toda a atenção é pouca, porque com a intensificação da fiscalização torna-se necessário considerar o conjunto da organização como um todo e não mais a contabilidade como um departamento isolado dos demais.

Pensando em facilitar a vida administrativa de sua empresa e minimizar o custo de implantação de diferentes softwares com funções semelhantes, a Bsoft atualizou o programa Controle de Transportadoras e incluiu o SPED Fiscal, exigido pela Receita Federal para o controle digital de toda a escrituração.

Segundo José Maria Chapina Alcazar, presidente SESCON-SP (Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo) e da AESCON-SP (Associação das empresas da atividade), “(…) a Receita Federal mantém sua base de dados sempre atualizada acerca das transações de cada contribuinte no mercado e, por este motivo, requer tratamento qualificado por parte das empresas quanto às informações corporativas. A falta de cuidados pode acarretar grandes prejuízos, pois qualquer inconsistência na declaração, seja por erro administrativo ou por operação viciosa de transação, pode ser detectada. Atrasos ou omissões na entrega da declaração acarretam multa de R$ 5 mil por mês ou fração. Inserido no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o SPED veio para unificar as atividades de recepção, validação, armazenamento e autenticação de livros e documentos que integram a escrituração comercial e fiscal das empresas. Representou para o Governo Federal um avanço nas relações entre o Fisco e os contribuintes, já que antes do SPED, muitos impostos deixavam de ser recolhidos“.

A ideia final do Fisco é integrar os três principais programas em andamento, regulamentados por portarias independentes, desde 2007: Nota Fiscal Eletrônica, SPED Fiscal e SPED contábil.

O Projeto SPED – Sistema Público de Escrituração Digital, oficializado em Jan/2007, é uma solução tecnológica que oficializa os arquivos digitais das escriturações fiscal e contábil dos sistemas empresariais, dentro de um formato digital específico e padronizado.

Dessa forma, o SPED contribui para a redução dos custos com o armazenamento de documentos e também minimiza os encargos com o cumprimento das obrigações acessórias, além de possibilitar uma maior segurança.

Para os empresários a modernização significa organização e agilidade; para o governo, controle: desde o dia 1º de abril deste ano, ele tem acesso a contribuintes que se utilizam de débitos e créditos nas suas transações, sejam comerciais, industriais e de prestação de serviços. Até julho, mais de 10 mil empresas, cuja receita bruta anual ultrapassou R$ 90 milhões em 2009, estarão sob vigilância eletrônica do Fisco, número que em janeiro de 2012, chegará a mais de R$ 1,5 milhão.

E você, que já é cliente Bsoft pode usufruir imediatamente da tecnologia, agora obrigatória, com a atualização do programa Controle de Transportadoras.

Saiba como fazer isso, através do nosso Departamento de Suporte.

Voltar para o site

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *