Todos os anos, no terceiro domingo do mês de Outubro até o terceiro domingo de Fevereiro do ano seguinte, o horário de verão entra em vigor em dez estados brasileiros. A medida tem como objetivo utilizar o prolongamento da luz solar natural para economizar energia elétrica, uma vez que no verão os dias são maiores que as noites.

O início do horário de verão aconteceu entre 15/10/2016 para domingo 16/10/2016 e terminará entre o dia 18/02/2017 e 19/02/2017, e poderá causar rejeições nos sistemas emissores de NF-e (Nota Fiscal Eletrônica),  NFC-e (Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica), CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico) e MDF-e (Manifesto de Documentos Fiscais Eletrônicos).

 

Na 0h do dia 19, os relógios dos estados participantes do horário de verão deverão atrasar seus relógios em 1h00. Nesse caso, os servidores da SEFAZ dos estados participantes também atrasarão os seus relógios. Os estados incluídos são: Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo

Rejeições:

O fuso horário deve ser mantido compatível com o fuso dos webservices, evitando que as seguintes rejeições ocorram:

  • Rejeição (578): A data do evento não pode ser maior que a data do processamento
  • Rejeição (704): NFC-e com Data-Hora de emissão atrasada

Segue abaixo a relação dos estados participantes do horário de verão, e o fuso utilizado:

UF Fuso Normal Fuso Verão
RS -03:00 -02:00
SC -03:00 -02:00
PR -03:00 -02:00
SP -03:00 -02:00
RJ -03:00 -02:00
MG -03:00 -02:00
ES -03:00 -02:00
GO -03:00 -02:00
MT -04:00 -03:00
MS -04:00 -03:00
DF -03:00 -02:00
TO -03:00 -02:00

 

Vale lembrar também que todos os eventos associados aos documentos fiscais eletrônicos citados acima também são afetados pela mudança no horário de verão e devem ser compatibilizados com o novo fuso horário, uma vez que utilizam ambientes estaduais e nacionais.

Fonte: Tecnospeed

Os sistemas da Bsoft realizam a alteração do horário automaticamente com base no fuso de cada estado, adaptando para o horário de verão. Entretanto, deve-se ficar atento ao horário na máquina onde o documento está sendo emitido. Caso ocorra rejeições do tipo “A data do evento não pode ser maior que a data do processamento”, será necessário verificar o horário local e horário da máquina. Entretanto, caso precise de ajuda, basta entrar em contato com nossa equipe de suporte via chat online ou telefone. 

Quer saber mais sobre rejeições de CT-e? Clique aqui e saiba como resolver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Quer ficar por dentro de tudo sobre + transportes?