(Last Updated On: 15 de dezembro de 2017)

logística é uma área muito estratégica para qualquer empresa e isso independe do ramo ou porte do negócio. No entanto, o dinamismo de seus processos e a necessidade de se alcançar sempre um alto nível de trabalho exigem um monitoramento constante. É nesse ponto que os indicadores de desempenho logísticos ganham destaque.

Apesar de ser relevante para todos os tipos de empresa, não há como negar que as transportadoras precisam desenvolver um trabalho logístico de excelência e, por isso, o post de hoje é dedicado a esse tipo de negócio.

Reunimos os principais indicadores logísticos para que você aplique no cotidiano de sua transportadora e consiga realizar entregas ainda mais eficientes. Afinal, quem deseja crescer e se solidificar no mercado sabe que esse é o primeiro passo a ser dado.

Quer aprender? Então, não deixe de ler os tópicos a seguir!

Qual a importância do monitoramento das atividades logísticas?

Como você sabe, a gestão de uma transportadora passa por vários aspectos e manter tudo funcionando dentro de um padrão de qualidade é um grande desafio para empreendedores e gestores.

Obviamente, todo negócio desse segmento busca um bom nível de produtividade e qualidade de seus serviços, mas são as pequenas e médias transportadoras que mais devem se esforçar para alcançar esse objetivo. Afinal, o mercado está repleto de concorrentes e somente os melhores conseguem se destacar.

Mas, como conseguir operações logísticas eficientes? A resposta pode estar em um monitoramento constante dos resultados por meio de bons indicadores de desempenho logísticos.

“O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado”
Deming

Essa velha máxima do universo corporativo nos revela que um negócio só consegue gerenciar aquilo que ele mede e, consequentemente, os processos de melhoria necessitam de uma boa gestão de desempenho.

Portanto, se você deseja alcançar um nível satisfatório de eficiência logística, deve aplicar indicadores de desempenho que sejam capazes de mostrar processos que estão dando certo e também os que precisam ser aperfeiçoados.


Quais os principais indicadores de desempenho logísticos?

Agora que você já percebeu que somente alcançará o sucesso através de um monitoramento de desempenho bem realizado, vamos ajudá-lo com essa missão.

Preparamos uma lista com os principais indicadores de desempenho logístico para que você passe a conhecê-los e aplicá-los em seu cotidiano. Ficou curioso e quer melhorar seus resultados? Confira a seguir!

On Time & In Full (OTIF)

O nome pode ser complicado, mas esse é um dos indicadores mais relevantes dentro da cadeia logística de uma transportadora, já que pode de medir a eficiência de sua logística pela ótica do consumidor.

Como assim?

Esse indicador mensura como sua empresa cumpre com os prazos de entrega (on time) e também a eficiência dos demais processos de entrega (in full), isto é, se a entrega cumpriu com todos os requisitos:

  • o local de entrega foi o correto;
  • a entrega foi completa;
  • houve erros e falhas no processo de entrega;
  • o produto chegou dentro das especificações exigidas.

On Time Delivery (OTD)

Esse também é um indicador especialmente importante para o desenvolvimento de uma transportadora. Em resumo, ele mede o prazo de entrega de suas mercadorias, ainda que não tenham cumprido com todos os requisitos.

Por isso, podemos afirmar que é um indicador complementar, mas imprescindível para avaliar o tempo gasto entre o pedido e a entrega ao consumidor, revelando falhas e atrasos na separação e expedição.

O cálculo é relativamente simples, pois basta dividir o número de entregas dentro do prazo pelo número total de entregas e multiplicar por 100. Lembrando que o ideal é manter esse percentual sempre acima dos 90%.

Tempo em trânsito

Você sabe qual o tempo médio que seus veículos ficam em trânsito com as mercadorias de seus clientes? Caso ainda não tenha feito esse cálculo, talvez seja interessante começar a aplicar esse indicador.

Em resumo, o tempo em trânsito mede o tempo gasto desde que a mercadoria deixa o armazém até que chegue ao cliente final.

Ressalta-se que, por meio dele, é possível avaliar a eficiência das rotas de entrega escolhidas para um mesmo destino. Ou seja, você poderá visualizar com maior facilidade qual o melhor trajeto e isso traz grandes benefícios, como:

  • reduz custos com transporte;
  • reduz o tempo de entrega;
  • minimiza os riscos de acidentes e roubo de cargas;
  • adquire a confiança e credibilidade do consumidor e dos clientes.

Avarias no transporte

Esse indicador pode ser um grande auxílio para gerentes logísticos, pois informa o número de erros durante o processo que geraram avarias nas mercadorias.

Um dos pontos que mais pesa na contratação de transportadoras é a existência de uma entrega rápida, mas que preserve a integridade dos produtos. Portanto, essa é uma análise fundamental para se encontrar gargalos e falhas nos processos de entrega.

É importante ressaltar que tal indicador é muito útil na tomada de decisão, já que ao identificar falhas no manuseio das mercadorias e até nas condições ideais dos veículos, é possível reverter com maior rapidez esses problemas.

Índice de devoluções

Existem várias razões que levam um cliente a devolver uma mercadoria e algumas delas podem estar relacionadas ao transporte executado, como problemas no empacotamento, avarias durante o transporte de cargas ou até mesmo no embarque e desembarque dos produtos.

Por esse motivo, é interessante que você aplique o presente indicador e aprenda a interpretar tais dados. Em muitos casos, é possível trabalhar a eficiência desses processos e minimizar os custos que você e seus clientes têm com a devolução de produtos.

Lembrando que quanto menor o índice de devoluções, maior será a satisfação dos consumidores com o transporte e entrega realizada.

Conforme você viu, aplicar bons indicadores de desempenho logísticos é imprescindível para que sua transportadora desempenhe um bom trabalho e adquira uma boa imagem no mercado. A principal função dessa estratégia é tornar o transporte mais eficiente e simplificar a tomada de decisões dos gestores e empresários que atuam no setor.

Portanto, aproveite todo o conhecimento adquirido para levar mais qualidade e segurança à sua transportadora.

Gostou do post de hoje e quer ficar sempre informado sobre as novidades do segmento de transportes? Então, não deixe de seguir nossa página no FacebookTwitter e no YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.