Atlas Copco é a indústria de máquinas mais sustentável do mundo
3 de fevereiro de 2015
Comunicado Rodonorte
24 de fevereiro de 2015
Mostrar todos

Denatran anuncia para junho o chip que vigia veículos

(Last Updated On: 10 de fevereiro de 2015)

Depois de oito anos de postergação, o sistema que monitora a frota brasileira por meio de chips nos veículos pode enfim entrar em operação no próximo dia 30 de junho de 2015, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav) foi criado para prevenir, fiscalizar e reprimir o furto e o roubo de veículos e cargas, além de possibilitar ações para contribuir na melhoria do trânsito nas grandes cidades.

Saiba mais sobre o chip que vai vigiar os veículos:

Chip denatran

Documentação: As antenas emitirão sinais às centrais quando um veículo estiver irregular (multas ou impostos vencidos e problemas com licenciamento). As centrais enviam informações para policiais de trânsito que serão responsáveis pela fiscalização de veículos em uma blitz, por exemplo.

Tráfego: Se todos os veículos estiverem cadastrados no Siniav seria possível organizar o tráfego em cruzamentos e controlar engarrafamentos. Antenas de rastreio permitiriam às centrais controlar os semáforos conforme o volume de veículos – por demanda não mais por tempo.

Cargas: Caminhões podem ter a carga rastreada. A cada vez que passar por uma antena, os dados são atualizados nas centrais do Denatran e enviados à empresa contratante. Melhoraria a fiscalização do transporte e garantiria mais segurança aos motoristas.

Licença e multa: A lei que cria o Siniav determina que todos os veículos (exceto os bélicos) sejam equipados com o chip, sob risco de não obterem licenciamento ou nova licença. Carros novos deverão sair com a identificação eletrônica da fábrica. Se retirado, o chip será invalidado. Carros que não possuírem a etiqueta receberão multa grave e perda de 5 pontos na carteira. É possível manter as informações levantadas pelos sensores por alguns dias para ajudar a polícia a localizar carros usados em fugas ou sequestros.

Infrações: O Siniav ajudará no controle de infrações como avanço de sinal e excesso de velocidade. Em vez de medir a velocidade apenas quando o carro passa pelo sensor, como hoje, vai ser possível cronometrar o tempo que ele levaria entre um pórtico e outro e, caso esse tempo for menor do que o limite permitido, está configurada a infração.

Furtos e roubos: As antenas de fiscalização enviarão informações à polícia sobre a localização de um carro roubado quando passar por uma delas, aumentando as chances de prender os ladrões e recuperar o veículo.

Obrigatoriedade

Todos os veículos terão de instalar o chip, sob pena de não obterem o licenciamento. Ausência do chip vai gerar multa de 5 pontos na carteira.

Fonte: Gazeta do Povo e DENATRAN.

 

 

 

Quer saber sobre mais assuntos como esse? Nos siga nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.