(Last Updated On: 2 de Fevereiro de 2018)

Entre as diversas premissas para manter uma transportadora eficiente e produtiva, a manutenção de caminhões é uma das que mais merecem destaque. Fundamental para a operação do negócio, conservar a frota em perfeitas condições é essencial para conquistar e fidelizar clientes.

Entretanto, alguns gestores e empreendedores do ramo ainda possuem dúvidas sobre o tema e acabam cometendo erros que podem comprometer a rentabilidade e a integridade dos veículos de cargas.

Para que esse problema não ocorra em sua empresa, reunimos os principais cuidados que você deve ter com os caminhões de sua transportadora. Continue atento e aprenda algumas boas práticas de gestão de frotas!

Entenda por que a manutenção em dia é sinônimo de produtividade

Se um de seus objetivos como empreendedor no ramo de transportes é fazer sua empresa crescer e conquistar mais clientes, é preciso se manter atento para o nível de produtividade alcançado por seus colaboradores.

Mais do que isso, é necessário avaliar os aspectos que podem comprometer seu rendimento e, nesse caso, a falta de manutenção na frota é algo a ser evitado. Em geral, esse tipo de falha afeta o cumprimento de prazos, aumenta seus gastos e ainda prejudica sua imagem perante os clientes.

De outro modo, ter um planejamento eficiente de manutenções é uma estratégia inteligente, capaz de assegurar que os caminhões estejam sempre prontos para as viagens, econômicos e de acordo com as exigências de cada tipo de carga.

Portanto, pode-se afirmar que investir em práticas de manutenção nos veículos de carga é investir em produtividade. Um empreendedor de sucesso está sempre atento a isso e trabalha preventivamente.

Conheça as manutenções preventiva, preditiva e corretiva

Depois de compreender que sua transportadora só alcançará o sucesso se adotar métodos eficientes na gestão de transportes e de frotas, apresentaremos como manter seus veículos eficientes e prontos para seguir viagem.

Para isso, falaremos um pouco sobre a manutenção de caminhões preventiva, preditiva e corretiva, bem como as técnicas aplicadas em cada uma delas. Acompanhe!

Manutenção preventiva

Uma das manutenções mais importantes para o cotidiano de uma transportadora, a manutenção preventiva tem o foco em evitar que certos problemas e defeitos se manifestem em sua frota. Afinal, prevenir é uma opção inteligente!

Dessa maneira, para a realização desse tipo de procedimento, é importante elaborar um calendário a fim de que todos os veículos passem por uma vistoria e avaliação com certa frequência e não comprometam o funcionamento da cadeia logística.

Diversos pontos devem ser checados durante uma manutenção preventiva, mas os mais importantes são:

  • estado de conservação dos pneus antes e após as viagens;
  • condições dos amortecedores, molas e bolsões de ar;
  • funcionamento dos freios;
  • níveis do óleo do motor e demais fluidos do caminhão;
  • níveis de emissão de gases do escapamento;
  • funcionamento adequado da parte elétrica do veículo;
  • prazo de validade e carga das baterias.

Manutenção preditiva

A manutenção preditiva se parece bastante com a preventiva, mas possui um custo maior. Em geral, o objetivo é se antecipar aos problemas na frota, porém isso é feito de maneira mais qualificada e aprofundada, com procedimentos mais técnicos e específicos.

Por meio de um monitoramento regular da frota, é possível prevenir defeitos e evitar que pequenas falhas tomem uma proporção maior e causem prejuízos ao negócio. Para isso, são utilizados equipamentos modernos, como:

  • câmeras térmicas;
  • rastreadores;
  • monitoradores de vibração.

A ideia é checar de perto e com frequência como anda a performance dos veículos, com o apoio de recursos eficientes e voltados especificamente para esse tipo de procedimento.

Manutenção corretiva

A manutenção corretiva tem uma metodologia diferente das demais, uma vez que só é realizada quando o veículo apresenta algum defeito. Naturalmente, ela é mais custosa e tende a ser necessária quando as demais manutenções não estão sendo executadas com eficiência.

Lembrando que, além do custo elevado do conserto e da mão de obra emergencial, esse tipo de manutenção paralisa a frota, causando prejuízos à sua produtividade e rentabilidade. Em casos de grandes frotas, isso pode ser um fator extremamente negativo e capaz de afetar significativamente os rendimentos da transportadora.

No entanto, é preciso enfatizar que, mesmo tomando todos os cuidados necessários e investindo em manutenções preventivas e preditivas, é possível que situações inesperadas exijam manutenção corretiva. Os casos mais comuns são em decorrência de acidentes e falhas mecânicas imprevisíveis.

Descubra qual manutenção de caminhões é a melhor

Agora que você já conhece os três tipos de manutenções mais importantes para o cotidiano de uma transportadora, pode estar se perguntando: “afinal, em qual eu devo investir?”.

De modo geral, conforme mencionamos, as três modalidades fazem parte do planejamento de uma transportadora e você deve estar preparado para executá-las com agilidade e qualidade. No entanto, é evidente que as manutenções preventivas e preditivas devem ser o seu foco.

Além de mais baratas, ter um planejamento constante para a realização dessas modalidades de manutenções é extremamente benéfico para seu negócio, uma vez que:

  • evita a suspensão das atividades da empresa;
  • aumenta a vida útil dos veículos;
  • reduz os gastos com mão de obra emergencial;
  • evita acidentes por falhas mecânicas e elétricas;
  • contribui para a redução do consumo de combustível;
  • contribui para o cumprimento dos prazos de entrega;

Portanto, é possível concluir que o ideal para uma transportadora é realizar manutenções preventivas com eficiência e adotar um calendário para que a frota passe por manutenções preditivas.

Seguindo essa orientação, é possível reduzir significativamente a quantidade e os custos com manutenções corretivas, que ficarão restritas a situações que estão fora do controle da empresa.

Conforme visto ao longo do post, a manutenção de caminhões é uma prática saudável para a transportadora e um empreendedor de sucesso não pode deixar de investir em planejamento e execução de procedimentos preventivos. Lembre-se de que tais cuidados são preponderantes para manter seu negócio produtivo e auxiliam na conquista de mercado, ou seja, são fatores fundamentais para sua transportadora crescer e conquistar mais clientes.

Gostou deste material? Então, o que acha de aperfeiçoar ainda mais seus conhecimentos sobre o tema? Acompanhe nossas 5 dicas para otimizar o controle e manutenção de frotas da sua transportadora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.