(Last Updated On: 13 de dezembro de 2016)

Uma operação contra roubo de carga e receptação foi realizada em seis estados na manhã desta última sexta-feira (9) – Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, São Paulo e Sergipe. Mais de 300 policiais cumpriram 84 ordens judiciais expedidas pela Justiça de Sergipe, sendo 28 mandados de prisão preventiva, 7 de prisão temporária e 49 de busca e apreensão nos seis estados. O prejuízo estimado pode passar dos R$ 15 milhões. Até as 7h30, 20 prisões já haviam sido efetuadas.

Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Aracaju, Cristinápolis, Itabaianinha, Umbaúba, Boquim, Nossa Senhora do Socorro, Estância e Tobias Barreto em Sergipe. A ‘Operação Canto da Sereia’ também acontece em Euclides da Cunha e Caldas do Jorro (Bahia), Porto Calvo (Alagoas), Taubaté (São Paulo), Rondonópolis (Mato Grosso) e Aparecida de Goiânia (Goiás).

 

Roubo de Carga:

De acordo com informações da Polícia Federal(PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os criminosos aliciavam motoristas para que entregassem cargas de interesse da quadrilha. A investigação apontou ainda que, em alguns casos, os próprios motoristas ofereciam as mercadorias aos aliciadores.

A polícia explicou ainda que após a negociação, o motorista registrava ocorrência policial como roubo em outro estado para dificultar a investigação. A organização criminosa oferecia a logística para transportar, esconder e repassar a carga roubada com receptadores que revendiam os produtos em estabelecimentos comerciais.

Os presos em Sergipe serão encaminhados para a sede da Polícia Federal em Aracaju para prestarem depoimento e depois serão encaminhados para o Complexo Penitenciário Doutor Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão.

Os autores do crime deverão ser indiciados pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, fraude à licitação, falsa comunicação de crime e de formação de organização criminosa. As penas culminadas podem superar 700 anos de prisão.

O nome da operação foi escolhido em representação à lenda do canto da sereia, em referência ao aliciamento que é feito pela quadrilha aos motoristas de transporte de cargas. Eles ficariam encantados com a oferta criminosa.

A operação desta sexta-feira é um desdobramento da ‘Operação Subida da Torre’, ação conjunta da PF e PRF em dezembro de 2015. Desde então, os criminosos vinham agindo diferente e ao invés de utilizarem violência convenciam os motoristas a entregarem as mercadorias. A polícia identificou que, apesar da redução do roubo de cargas, desvios continuavam acontecendo nas BRs 101,116 e 316 nas divisas de Sergipe, Bahia, Alagoas e Pernambuco.

Fonte: G1

 

Sua empresa já possui rastreadores de veículos? Conheça o Btrac, a solução com o melhor custo/benefício do mercado. www.btrac.com.br

Clique aqui para ver mais notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.