(Last Updated On: 15 de abril de 2014)

O setores de transporte e automotivo vivem um momento confuso. De um lado estão os programas de demissões voluntárias, do outro a falta de profissionais qualificados. Esse é o caso dos motoristas de caminhão. Eles simplesmente sumiram.

Os frotistas estão com cerca de 130 mil vagas em aberto e algumas empresas estão até importando motoristas, mas algumas delas estão escolhendo outro caminho e investem na capacitação de funcionários.

Os candidatos recebem aulas extremamente didáticas, que vão desde um check-list visual no caminhão, passando pela postura na direção, até aulas práticas com dicas e macetes nas manobras.

Os caminhões atuais são extremante confortáveis, cabines amplas, painel cheio de botões e principalmente, muita eletrônica. Além de saber dirigir é fundamental que o motorista também domine toda essa tecnologia.

Para aprender a pilotar esses novos caminhões, tem muito motorista indo para a sala de aula. Nesses cursos de especialização, o básico é tão importante quanto a tecnologia. Em 2012 a lei do motorista limitou o número de horas de trabalho ao volante. Uma segurança que se transforma em um sonho de uma vida melhor.

No começo de carreira o salário gira em torno de R$ 2.500,00. Mas para ser um bom motorista é preciso ouvir o conselho de que é do trecho. O amor pela máquina, o amor pela paisagem que nenhum escritório irá te oferecer. O amanhecer, o pôr do sol, a prosa ou causos. Enfim! Um grande amor pela estrada, mas também pelo que se faz.

Fonte: Auto Esporte

Quer saber sobre mais assuntos como esse? Nos siga nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.