(Last Updated On: 25 de agosto de 2016)

​Para aprimorar o trabalho de motoristas profissionais de cargas e de passageiros, aumentar a segurança no trânsito e reduzir os custos dos transportadores, o SEST SENAT passará a utilizar simuladores híbridos em seus treinamentos. O projeto “Simulador de direção SEST SENAT – Eficiência e Segurança no Trânsito” disponibilizará 60 equipamentos para treinar e capacitar motoristas de caminhão, ônibus e carreta. A meta é formar 50 mil profissionais em três anos. Os alunos precisam ter carteira de habilitação nas categorias C, D ou E.

 

O Distrito Federal será o primeiro a receber o simulador. O lançamento será na unidade do SEST SENAT Samambaia, na próxima terça-feira, dia 16 de agosto, às 9h. O evento vai contar com a presença do presidente do Conselho Regional do SEST SENAT Centro-Oeste I, José Hélio Fernandes. Na unidade foi construída uma sala específica para o treinamento de alto padrão tecnológico e didático, como sistema de som e imagens digitais.

 

Até o final do ano, outras 59 unidades receberão o simulador. Ao todo estão sendo investidos R$ 41,5 milhões. Além dos equipamentos de ponta, o projeto inclui proposta pedagógica, capacitação de instrutores, desenvolvimento dos cursos e horas técnicas de manutenção.

 

Cinco cursos adaptados ao equipamento também estão sendo lançados. Os conteúdos abordam temas como condução segura e econômica, situações de risco, uso de tecnologias embarcadas, aperfeiçoamento de motoristas para o transporte de passageiros e de cargas especiais e manobras.

 

Esta é mais uma ação que reforça a visão do SEST SENAT de que a direção segura e eficiente é fundamental para a redução de acidentes e mortes no trânsito, para a economia de combustível, para redução dos custos de manutenção dos veículos e para minimizar os impactos ao meio ambiente.

 

SERVIÇO

 

Projeto “Simulador de direção SEST SENAT – Eficiência e Segurança no Trânsito”

Local: Unidade do SEST SENAT Brasília (Samambaia) – Lote 01, Conjunto 08, Quadra 420, Subcentro/Leste, Complexo de Furnas

 

Fonte: Agência CNT de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.