O CFOP (código fiscal de operações e prestações) é um código que foi instituído pelo artigo 5º e Anexo do Convênio Sinief s/nº, de 15 de dezembro de 1970, para identificar a natureza de circulação da mercadoria ou a prestação de serviço de transportes. Em toda emissão de NF-e e CT-e, ou em livros fiscais, é obrigatória a sua utilização. Então, já que a utilização do CFOP é obrigatória, a Bsoft torna as coisas mais fáceis para você, tornando o CFOP automático para emissão de CT-e.

 

Antes de mais nada, é preciso entender a lógica de como o CFOP funciona. O primeiro dos 4 dígitos é utilizado para definir se a operação é entrada ou saída, e ainda se é intermunicipal ou interestadual, segue abaixo o explicativo:

 

Entradas

1.000 – Entrada e/ou Aquisições de Serviços do Estado.

2.000 – Entrada e/ou Aquisições de Serviços de outros Estados.

3.000 – Entrada e/ou Aquisições de Serviços do Exterior.

 

Saídas

5.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para o Estado.

6.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para outros Estados.

7.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para o Exterior.

 

Os três dígitos inseridos após o primeiro, servem para identificar qual o tipo de venda ou prestação de serviço está sendo realizada, e em alguns casos, o tipo de tributação que precisará ser utilizada. Nas operações de transporte, os CFOPs mais comuns são:

 

Código CFOP Descrição
5.351 ou 6.351 Prestação de serviço de transporte para execução de serviço da mesma natureza
5.352 ou 6.352 Prestação de serviço de transporte a estabelecimento industrial
5.353 ou 6.353 Prestação de serviço de transporte a estabelecimento comercial
5.354 ou 6.354 Prestação de serviço de transporte a estabelecimento de prestador de serviço de comunicação
5.355 ou 6.355 Prestação de serviço de transporte a estabelecimento de geradora ou de distribuidora de energia elétrica
5.356 ou 6.356 Prestação de serviço de transporte a estabelecimento de produtor rural
5.357 ou 6.357 Prestação de serviço de transporte a não contribuinte
5.359 ou 6.359 Prestação de serviço de transporte a contribuinte ou a não-contribuinte, quando a mercadoria transportada esteja dispensada de emissão de Nota Fiscal
5.360 ou 6.360 Prestação de serviço de transporte a contribuinte-substituto em relação ao serviço de transporte
5.932 ou 6.932 Prestação de serviço de transporte iniciada em unidade da Federação diversa daquela onde inscrito o prestador

 

Leia mais sobre CFOP clicando aqui.

CFOP Automático:

Nos sistemas emissores de CT-e da Bsoft, existe uma função que automatiza o preenchimento do CFOP, sem que precise informá-lo manualmente a cada emissão. Com esta função, basta informar os últimos 3 dígitos do CFOP mais utilizado, e o sistema preencherá automaticamente, informando o primeiro dígito – que identifica se a operação é intermunicipal ou interestadual – com base na origem e no destino informado no conhecimento de transporte. Em casos onde a operação de transporte é iniciado em UF diferente do emissor do CTe, o sistema também preenche automaticamente com o CFOP 6.932 ou 5.932.

Em alguns clientes, há exceção de CFOP? Sem problemas! Nossos sistemas possibilitam configurar cada cliente com a sua particularidade. Caso o CFOP de determinado cliente seja diferente do padrão, você poderá personalizar diretamente no cadastro. Assim, quando detectado como destinatário, o sistema informará o CFOP cujo cliente está enquadrado.

 

Use todos os recursos que o sistema oferece! Comece a utilizar esta funcionalidade agora mesmo. Entre em contato com a nossa equipe de suporte e solicite esta parametrização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.