Há alguns dias, publicamos um explicativo sobre o que irá mudar com a NFe 4.0, modelo novo que será obrigatório a partir de abril de 2018. Porém, uma destas mudanças poderá impactar um grande número de usuários, que precisarão se adequar antes do prazo. Os emissores de NFe precisarão ficar atentos em seus sistemas operacionais, pois a NFe 4.0 não funcionará em Windows XP e Vista e Server 2003. Vamos explicar o porquê.

 

Na mesma nota técnica, foi estabelecido que a partir da versão 4.0 da NFe, será permitido a utilização unicamente do protocolo TLS 1.2 ou versão superior. O que significa que não será mais permitida a comunicação via protocolo SSL.

Para que você possa compreender melhor sobre estes protocolos, vamos dar uma breve explicação:

 

O SSL (Secure Sockets Layer – Protocolo de Camada de Segura) e seu sucessor TLS (Transport Layer Security – Segurança da Camada de Transporte) são protocolos de criptografia projetados para internet, que permitem a comunicação segura entre um computador e um servidor, para a utilização de serviços como email, navegação por páginas, utilização de aplicativos de banco, pagamentos via internet e outros tipos de transferência de dados, como emissão de NFe.

 

Leia também:

O que irá mudar com o CTe 3.0

MDFe 3.0 – Conheça as mudanças da nova versão

sua empresa está preparada para o CTe OS?

 

Por que a NFe 4.0 não funcionará em Windows XP e Vista?

 

Os sistemas operacionais Windows Vista e Windows XP, por estarem defasados, não possuem suporte ao protocolo TLS na sua versão 1.2 ou superior, que serão os únicos protocolos utilizados para envio dos dados da NFe para a SEFAZ, a partir da versão 4.0, devido a sua maior segurança.

 

Portanto, se a sua empresa utiliza ainda o Windows Server 2003, Windows XP ou o Windows Vista, precisará migrar para o Windows 7 ou para um versão superior (8, 8.1 ou 10) para poder continuar emitindo a NFe a partir de abril, que é o prazo máximo para adesão ao novo modelo.

 

Àqueles que precisarão migrar obrigatoriamente, aconselhamos a fazê-lo o mais breve possível, para que sejam evitados contratempos de última hora, impossibilitando a emissão de NFe, fazendo com que as atividades da empresa sejam paralisadas. Para evitar transtornos, recomendamos a migração o mais cedo possível.

 

Lembramos que nossos clientes terão todo nosso apoio e ajuda no que se refere à reinstalação do sistema, porém, o cliente deve ficar atento ao seu banco de dados, para que as informações não sejam perdidas. Para quaisquer dúvidas, entre em contato conosco ou deixe a sua pergunta abaixo.

 

É autorizada a reprodução total ou parcial, sem fins lucrativos do conteúdo deste canal de notícias, desde que citada a fonte Bsoft

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Quer ficar por dentro de tudo sobre + transportes?